23 de outubro de 2011

um poema de patrícia hoffmann

Quebro ampulhetas.

Aviso às borboletas:
cuidado ao voar

Há areia na vida,
cacos de vidro no ar.

7 comentários:

Fran Hellmann disse...

Seguindo-te garotinho...

É lindo por aqui.

Bjs

Anônimo disse...

VERGONHA!!!

Anônimo disse...

parou por que?
por que parou?

Eduardo Silveira disse...

hahaha,
reconheço tua voz, nego!

Katherine Mansfield disse...

darling... please, Patricia Hoffmann forever?

Roberta Bittencourt disse...

ainda nisso??

Eduardo Silveira disse...

meu deus,
vc usa o perfil dessa moca inocente
troll!