23 de novembro de 2013

faz parte da gente
não ter controle
sobre coisas
que nos são caras e muito nossas
e os controladores de voo não se entendem
sobre a natureza de vários objetos que nos passam
- atirados por alguém ou a passeio -
por sobre a cabeça, todo dia.

pra amenizar isso criamos lendas
de amores e culpas extraterrestres
teorias sobre a ilusão de ver e as falhas
do olho humano
mas das mãos ninguém duvida
o que me parece muito
muito insensato:

gestos em falso são coisas naturais
e é por isso que acidentes não podem
nos causar verdadeira surpresa:

um copo que escapa do pano de louça
a previsão de sol que insiste em dar chuva
um tapa que era pra ser brincadeira
e magoa a carne por toda uma vida:

é tão grande a vontade e o perigo de ultrapassar
que acidentes não podem
nos causar verdadeira surpresa.

um lance de dardos

mais
acertará o balão de hélio do acaso
que sobe, sobe, rumo ao léu azul
enquanto a gente olha pra cima querendo prever alguma coisa
por mera coisa que seja.

e para o que não tem jeito
vamos criando novas loterias
bingos, frases d'efeito
poemas, piadas
falsas crenças
ditados populares.

3 comentários:

Beverley de Graustark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beverley de Graustark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Beverley de Graustark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.