3 de abril de 2011

um velho drama moderno

Avatar 1:
"Acho essa comunicação via internet problemática, as pessoas em geral não tem compromisso (por exemplo, de responder uma msg, ou sente uma necessidade real de partilhar), é tudo muito superficial, 645 amigos, imagina, não fazemos sequer 10 amigos verdadeiros ao longo de toda a vida, os que derem sorte talvez 20... O que passa disso é outra coisa qualquer, porque amizade é como amor, exige dedicação, que se arranje aquele tempo que não se tem, que se esteja disponível e necessitado ao mesmo tempo. "




Avatar 2:
"vc tem razão, é muito difícil que das comunicações pela internet (sempre muitas, e sempre muito rápidas) saia algo sequer próximo de uma amizade como a que temos com nossos amigos na "vida real". porque a presença, o toque, é algo fundamental que a internet não possibilita. somos avatares que conversam. existimos nisso que escrevemos? sim. mas será uma existência virtual, frágil, que dificulta muito amizades, coisa que vc definiu muito bem."

extraído de uma conversa internética, numa dessas várias redes sociais nas quais a gente se perde.


PS: não quero soar fatídico, pessimista. acho, sim, que da troca de e-mails, cartas, recados,sei lá o quê, podem surgir amizades, que podem ser mantidas por anos. mas é raro.

3 comentários:

Camila F. disse...

é...já é difícil manter relações na "vida real", imagina as virtuais. mas pode acontecer, sim. só que também acho que a presença física é fundamental pra que uma amizade se consolide. acho que é preciso muita afinidade pra que as amizades virtuais se mantenham. e quem sabe um dia venham a se tornar "reais".

abraço

Samia disse...

Penso que amizade depende mais de sintonia e disponibilidade do que de como ou onde ela surge.
Talvez, uma amizade virtual tenha a vantagem de ser filtrada e de irmos conhecendo o amigo aos poucos.Mas, ela sempre vai ter um componente "platônico" já que não é física...
AH! Quer saber? Se você sente amizade por alguém tanto faz a interface ou a realidade. A pessoa é seu amigo e ponto final.

Carol Rosa disse...

ainda bem q já vi vc pessoalmente! hehehe

abraço!