26 de fevereiro de 2012

Um brinde a uma seção desaranhada da nossa garagem

me esforço pra ser original para você,
mas tomo o mesmo café todo dia
e aperto o passo quando chove,
então, não sei.

3 comentários:

Beverley de Graustark disse...

arrazou.

é em momentos como esse que amigos surgem do nada para dizer: "tu tem que publicar um livro"

e acabar com a tua vida.

haahahaha

"publicar é leiloar a alma" Claudia Leite.

Samia disse...

Tem coisa que só o advogado do Raskolnikov consegue escrever.

Gosto muito.

Eduardo Silveira disse...

:)